Escolas realizam ações e compartilham talentos no ‘Dia de Doar’

Atualizado em 21/06/2022 - 16:54

A terça-feira (30) foi marcada pela solidariedade em São José dos Campos, com diversas ações do Fundo Social de Solidariedade promovendo o Dia de Doar, uma campanha mundial de conscientização e incentivo à doação. 

Nas rede de ensino municipal, as escolas infantis e de Ensino Fundamental se movimentaram com atividades de arrecadação de roupas, mantimentos e itens de higiene para doação, troca e bazares solidários, além da ‘doação’ de tempo, talentos, escuta e mensagens carinhosas entre alunos, professores, funcionários e a equipe técnica da Secretaria de Educação e Cidadania.

A lição compartilhada entre os envolvidos é de que “o ato de doar não é apenas sobre coisas materiais, podemos doar sentimentos, afeto, nosso tempo, nosso talento para afetar positivamente as pessoas ao nosso redor”. 

Bazar solidário

Um dos exemplos é da Emef Professora Maria Nazareth de Moura Veronese, no Jardim da Granja, onde a equipe gestora organizou uma campanha de arrecadação de roupas e calçados em bom estado, com divulgação pelas redes sociais da escola, convidando todos os estudantes do 1° ao 9° ano, professores, funcionários e amigos a participarem.

No “Bazar Solidário Veronese”, os itens foram organizados com carinho e cuidado na quadra da escola para que os alunos pudessem escolher peças caso quisessem. A ação teve um clima descontraído com apresentação musical de Júlio Henrique, que se voluntariou doando seu talento como músico, do professor Vitor Correa e Silva, de Enriquecimento Curricular, e das alunas Kauanny e Elizabeth do 9º ano.

Segundo a equipe gestora, “a ação teve como objetivo principal  proporcionar aos alunos uma vivência real e participação ativa no 'Dia de Doar' levando todos a refletir sobre a importância da solidariedade, da sustentabilidade e do consumo consciente”.

Protagonismo, emoção e inspiração

Para Felipe do Carmo Pereira Cruz, 15 anos, do 9º ano, o dia foi marcante. “Todos puderam contribuir, cooperar e se divertir. O que mais gostei foi ver a felicidade das crianças escolhendo as roupas que queriam, até mesmo as mais tímidas conseguiram se soltar e escolher uma peça para si ou para algum familiar. Apesar de estudar nesta escola há 9 anos, nunca havia participado de um evento solidário como esse e foi muito gratificante participar do Dia do Doar”, disse. 

A aluna Helloa Renesmee Cesar Eugenio, 6 anos, é nova na escola e foi bem recebida com o bazar solidário. Segundo ela, o aprendizado do dia é que as pessoas fazem doações que alegram o coração de outras pessoas. 

“Aprendi que quando alguém recebe doações não precisa de dinheiro e nem moedas para comprar roupas. Eu escolhi um tênis e uma camiseta.”, comentou Razhiel William Jesus Mourão, 9 anos, do 3º ano. 

Confira alguns depoimentos

“Achei que foi um dia especial, que levou a todos a refletirem sobre consumismo e incentivou o desapego. Acho importante ajudar e se engajar nesses projetos que são extracurriculares e que proporcionam experiências de vida  e nos ajudam a ter novas maneiras de pensar além de valorizar o trabalho social”, afirmou Maria Gabriela Carvalho da Paixão, 15 anos, do 9º ano. 

“Foi muito bacana a ação realizada, fiquei surpresa com a música ao vivo, pois foi um diferencial para o Dia de Doar e fora de comum para um bazar. A ação proporcionou aos alunos a conscientização de que o não serve mais para ele e está em bom estado, pode ser passado para frente”, disse a professora de Língua Inglesa, Adriana Pereira dos Santos.

“O bazar solidário da escola Veronese que aconteceu hoje foi muito mais que um gesto concreto de solidariedade onde foram doadas roupas, brinquedos e calçados, mas foi um gesto de doação de tempo, de carinho, de afeto, de momentos de alegria e muita felicidade em que todos participaram de maneira efetiva, partilhando o mais necessário hoje, que é o amor”, destacou o músico Júlio Henrique.

A data

Por meio do site www.doasaojose.com.br, o Fundo Social divulga a relação das mais de cem organizações da sociedade civil parceiras juntamente com a lista de necessidades prioritárias de cada uma delas. O objetivo é fazer com que as pessoas se identifiquem com alguma causa e, assim, possam contribuir com sua doação.

O Dia de Doar tem a proposta de despertar o voluntariado, fortalecer o trabalho das entidades e criar vínculos com a população, fazendo com que as doações sejam espontâneas e frequentes.

Paula Pessoa
Secretaria de Educação e Cidadania